quarta-feira, 30 de novembro de 2016

ainda é novembro, página de um eterno calendário...



"Uma lança caneta-tinteiro/ escreveu liberdade no céu..." O. Silveira, em Poema sobre Palmares.






OLIVEIRA DOS PALMARES

                                          para Oliveira Silveira (1941-2009)



plantou um chão para dançarmos livres
regou de versos nossos sonhos
com seu ingoma inaudível
incansável
fez um país inteiro cantar



(lande)

Nenhum comentário:

Postar um comentário